Rádio Vila Nova 98.3 FM - A Emissora da Comunidade 
#

Por jornalista Franciele Back

Não é preciso procurar muito para se deparar com diversos terrenos baldios que se transformaram em lixões a céu aberto. São plásticos, embalagens, eletrônicos, peças de carro e até pedaços de gesso que estão sendo jogados de forma irregular nos terrenos sem construção. A situação está causando desconforto entre os moradores do distrito Belchior e as reclamações ficam ainda mais em evidência nas diversas denúncias feitas nas redes sociais.

Segundo o responsável pela Superintendência do Belchior, Raul Schiller, os rejeitos estão espalhados em pelo menos 11 pontos do bairro. “As ruas Bonifácio Haendchen, Vidal Flávio Dias e Germano Junckes são só alguns dos exemplos. Já faz tempo que a superintendência está tentando descobrir os causadores dessa agressão ao meio ambiente, porém, sem sucesso, pois as pessoas que estão fazendo isso devem praticar este ato à noite ou de madrugada”.

A situação, segundo Raul, tem como agravante a dificuldade em obter apoio dos órgãos ambientais. “Eles solicitam muitas informações, inclusive perguntam quem é o infrator. Enquanto isso, há descartes irregulares por todos os lados, principalmente no Belchior Baixo. É assustador isso que está sendo praticado e quem faz não sofre qualquer punição e muito menos qualquer constrangimento”.

O que diz a prefeitura

De acordo com o Rafael Weber, responsável pela Superintendência de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Gaspar, é preciso que o morador registre a denúncia para que a prefeitura possa fazer a notificação. “Pedimos que sejam enviadas fotos e vídeos, pois depois que o descarte foi realizado é muito difícil chegar aos responsáveis sem uma pista. De qualquer forma, estamos empenhados e investigando junto com a diretoria de Trânsito (Ditran) para achar quem está fazendo isso”, garante.

Radio Vila Nova 09/02/2019