Rádio Vila Nova 98.3 FM - A Emissora da Comunidade 
#

Na manhã desta sexta-feira, 29 de novembro, o Corpo de Bombeiros de Gaspar localizou o cadáver do homem que havia desaparecido nas águas do rio Itajaí-Açu na terça-feira, dia 26 de novembro. Ele foi encontrado atrás da empresa Bunge, no bairro Poço Grande, boiando no meio do rio. A guarnição o levou o corpo até um local de fácil acesso, onde os socorristas conseguiram retirá-lo com mais facilidade.

O homem foi identificado como Erivelton Delfino, que se afogou ao fugir após ser pego tentando furtar uma canoa de pesca no bairro Margem Esquerda no início da semana. Ele vestia calça jeans e camisa listrada. Junto dele estavam os documentos do irmão, Gilmar Delfino, seu comparsa que conseguiu atravessar o rio e escapar. No momento, o Instituto Geral de Perícias (IGP) se desloca até Gaspar para buscar o corpo.

Lembre o caso

Na terça-feira, 26 de novembro, moradores do bairro Margem Esquerda denunciaram à Polícia Militar a tentativa de furto de uma canoa de pesca por parte de dois homens. Porém, ao perceberem que estavam sendo observados, ambos tentaram fugir pelo rio Itajaí-Açu, nos fundos da Auto Lavação Rodrigo, localizada na rua Luiz Franzói.

Populares que presenciaram a cena afirmam que os dois suspeitos não eram conhecidos na região e, um deles, afundou no trajeto de fuga. Imediatamente o helicóptero Arcanjo foi acionado e fez buscas na superfície. No dia seguinte, quarta-feira, dia 27, a equipe de socorro aquática do Corpo de Bombeiros de Gaspar deu início às buscas. O trabalho foi sendo realizado em dois botes infláveis.

O suspeito sobrevivente segue sendo procurado.

Jornal Cruzeiro do Vale 30/11/2019