Rádio Vila Nova 98.3 FM - A Emissora da Comunidade 
#

Mal sabia Rubens Campos que uma música composta lá nos idos de 1940 seria tão utilizada nos dias atuais. Seja para resumir a expectativa pelo fim de uma partida de futebol ou então o saque das contas inativas do FGTS, a estrofe “ai, ai, ai, está chegando a hora” talvez seja o melhor dos resumos para o sentimento que 105 mil trabalhadores do Vale têm hoje com a expectativa de que o amanhã chegue logo. 

Isso porque os nascidos em junho, julho e agosto — justamente na antevéspera do Dia das Mães, diga-se de passagem — poderão pegar aquela bufunfa maravilhosa que preenche vazios (como por exemplo o da conta bancária) no terceiro lote de pagamentos do Fundo de Garantia pela Caixa Econômica Federal.

Em Blumenau, cinco agências do banco abrirão no sábado das 9h às 15h para atendimento exclusivo sobre as contas inativas. Serão as unidades das ruas 7 de Setembro (411), João Pessoa (1544), 2 de Setembro (1660), XV de Novembro (1924) e Dr. Pedro Zimmermann (2374). 

Outras 17 (confira na tabela) pelo Vale do Itajaí e Curitibanos — já que a abrangência da superintendência regional da Caixa chega a dar uma beliscada no Meio Oeste – também farão o atendimento sabático. Caso todos os trabalhadores busquem os saques, esse terceiro lote injetará na economia local R$ 135 milhões, que será somado aos R$ 206 milhões de 145 mil pessoas já pagos por aqui (90% do previsto para a região).

É importante lembrar que o saque das contas inativas vale para trabalhadores demitidos por justa causa ou que saíram até 31 de dezembro de 2015. Não sabe se tem direito? Acesse caixa.gov.br/contasinativas ou ligue no 0800-726-2017. Quem tem até R$ 1,5 mil guardadinho pode sacar somente com a senha do Cartão Cidadão em autoatendimentos. Para quem recebe até R$ 3 mil, a diferença é que precisará ter em mãos o Cartão Cidadão e, no caso de lotéricas, um documento pessoal com foto.

Já trabalhadores com um pouco mais de faz-me rir à espera, precisam ter outros dados: quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 10 mil tem que levar o número de inscrição do PIS/Pasep e um documento de identificação com foto. 

Já quem recebe mais do que R$ 10 mil, além de documento ainda tem que comprovar a extinção do contrato com a empresa — a Carteira de Trabalho, por exemplo, já serve. Uma dica da própria Caixa é não se desesperar para fazer o saque, já que o dinheiro para os nascidos em junho, julho e agosto ficará esperando até 31 de julho.

 Em todo Brasil, 7,6 milhões
de trabalhadores podem sacar


Se em Santa Catarina 105 mil pessoas deverão apertar o botãozinho da senha e enfrentar a fila pela grana, em todo Brasil o total é de 7,6 milhões — com R$ 10,8 bilhões à disposição. De todos os trabalhadores com dinheiro nas contas inativas, 42% receberão automaticamente o crédito sem precisar se dirigir até as agências.

No país, até agora R$ 16,6 bilhões já foram para os bolsos, bolsas, cofres, contas — ou embaixo do colchão — referentes ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Esse montante sacado corresponde a 91% do inicialmente previsto — um pouco mais do que no Vale – e diz respeito a 84% (12,5 milhões) de trabalhadores nascidos entre 

Jornal Santa Catarina 11/05/2017