Rádio Vila Nova 98.3 FM - A Emissora da Comunidade 
#

A preocupação no que diz respeito a travessia da BR-470 em frente a entrada do bairro Sertão Verde, em Gaspar, levou os moradores da localidade a realizarem uma manifestação no local. Às 17h de sábado, 13 de maio, dezenas de pessoas se encontraram no início da rua e fecharam a BR-470 e também a nova via da BR, que passa bem em frente à entrada do bairro.

Segundo o presidente da Associação de Moradores do bairro Sertão Verde, Osiel de Moraes, a manifestação foi programada por volta do meio dia de sábado e só aconteceu devido ao não cumprimento do acordo entre moradores, poder público municipal e responsáveis pela obra de duplicação. De acordo com Osiel, foram prometidos a instalação de duas faixas elevadas e a colocação de iluminação pública no local. “A data para liberação da via era segunda-feira. E isso se estivesse tudo ok. Mas hoje, por volta das 11h, simplesmente liberaram a passagem com apenas a instalação de uma faixa elevada. E nas duas horas seguintes, registramos dois acidentes. Precisamos, sim, da duplicação. Mas precisamos mais ainda de segurança. Quanto vale a vida de uma criança?”, desabafa.

Dezenas de crianças moram no bairro Sertão Verde e precisam atravessar, diariamente, a rodovia para ir à escola e adultos precisam cruzar a via para ir ao trabalho. E é essa travessia que preocupa o presidente da Associação de Moradores e também o morador José Luiz Mendonça. “Minha filha tem que atravessar por esse lugar todos os dias para ir trabalhar e está muito perigoso. A prefeitura sequer colocou a iluminação que foi prometida”.

A moradora Tamires Moraes também participou da manifestação e está preocupada com os possíveis acidentes que podem acontecer na entrada de seu bairro. “Eles abriram a passagem e em pouco tempo já tivemos dois acidentes. Imagina quando todos começarem a passar de verdade por aqui. A maior preocupação é com as crianças, que tem que atravessar para ir à escola”.

José Ademir Moura (PSC) foi o único vereador presente na manifestação. Ele se diz a favor da população e afirma que os moradores estão certos em se manifestar, porque não foi cumprido o combinado em reunião. “Liberaram a via sem avisar e não sabemos de quem partiu essa ordem. No início da manifestação liguei para o prefeito [de Gaspar, Kleber Wan-Dandall)] e ele disse que também não sabia de quem havia partido a ordem de liberar antes de segunda-feira”.

Trânsito

A manifestação dos moradores do bairro Sertão Verde resultou em um longo congestionamento nos dois sentidos da BR-470, em Gaspar. Os veículos que seguiam sentido Gaspar – Blumenau chegaram a formar uma fila de mais de quatro quilômetros. A manifestação durou quase duas horas.

Quem presenciou a cena pode notar o nervosismo dos motoristas através da grande quantidade de buzinas. Os moradores colocaram fogo em papelões, cones e placas de sinalização. Alguns veículos chegaram a desrespeitar a interdição da rodovia e passaram por cima das barreiras. Os moradores se mostraram revoltados com a situação. Apesar do alvoroço, ninguém se feriu e a manifestação foi pacífica.

A Polícia Militar de Gaspar e a Polícia Rodoviária Federal estiveram no local. O Corpo de Bombeiros de Gaspar também foi acionado para apagar o fogo iniciado pelos moradores.

Jornal Cruzeiro do Vale 15/05/2017